Estou no final do meu último ano do ensino médio e não faço a mínima ideia do que fazer, de qual carreira seguir, etc. Às vezes me sinto inútil porque não sou boa em nada, só sou boa em estudar os assuntos da escola, de todas as matérias… todos os meus amigos falam que são de humanas, de exatas, e eu aqui, que nem sei de qual área sou porque gosto de todas. O que eu posso fazer pra encontrar um caminho? I.

Hello, L.! Para começar, amiga, nada de ficar se comparando com seus colegas, pois isso não ajuda em nada! (Veja mais sobre essa questão aqui: http://depapocomasu.blog.br/mix/2018/02/diga-nao-a-comparacao/). Além disso, é bom lembrar que, só porque seus amigos falam que são de humanas, exatas, etc., não significa que eles realmente sabem quais são as áreas de aptidão e preferência deles. Não é raro as pessoas falarem coisas desse tipo para esconder essas mesmas dúvidas que você tem.

Aliás, nessa etapa de sua vida, é suuuuper normal não ter ideia do que você quer fazer.

Meu conselho é que você converse com um professor de sua confiança ou, melhor ainda, com o coordenador pedagógico ou psicopedagogo de sua escola. Conte para essa pessoa que você está em dúvida quanto a suas aptidões e suas escolhas de estudos/carreiras. É possível que você seja encaminhada para fazer um teste vocacional. Esses testes não são uma descrição exata do que você fazer, mas eles ajudam bastante a entender que talentos específicos Deus lhe deu. Para saber mais, dê uma busca no Google para “testes vocacionais” e você encontrará mais informações a esse respeito.

E, por fim, o mais importante: converse com Deus sobre essa questão. Afinal, foi ele que criou você, que lhe deu os talentos que você tem (aliás, saber estudar é uma aptidão muitíssimo importante para qualquer área de atuação!) e ele pode lhe mostrar claramente qual deve ser o próximo passo em sua vida. Se você não tem um relacionamento pessoal com Deus, leia este post http://depapocomasu.blog.br/deus/2018/01/a-coisa-mais-importante-que-voce-precisa-saber/ e comece hoje mesmo a conversar com ele e pedir direção dele. Garanto que ele vai ficar muito feliz – e você também!

E, se quiser continuar a conversa, é só passar aqui novamente. Estamos à disposição!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados