Eu e o meu esposo estamos desempregados, recebemos uma oferta mensalmente de um parente, precisamos dizimar deste valor que recebemos? C.

Hello, C.! Não existe uma instrução bíblica específica a esse respeito. Isso significa que é uma questão para ser tratada com base no bom senso e conforme cada caso. Minha opinião é que vocês não têm obrigação de entregar o dízimo desse valor, pois ele é uma oferta que vocês estão recebendo, e não uma fonte de renda sua (como um salário). Existem inúmeras maneiras igualmente importantes de contribuir com o reino de Deus além do dízimo: orando uns pelos outros, doando nosso tempo e nosso trabalho para ministérios, ouvindo aqueles que precisam de um ombro amigo ou mesmo oferecendo uma refeição para alguém que precisa. A meu ver, nesse momento, sua contribuição para o corpo de Cristo não precisa ser monetária. É tempo de aceitar a provisão de Deus por meio dessa oferta e ser gratos a ele sem ter sobre si o peso de uma obrigação legalista.

Agora, se Deus por acaso mostrar para vocês dois, de modo claro, por meio da Palavra dele (e não da pressão de pessoas) que vocês devem compartilhar uma parte dessa oferta, confiem que ele vai continuar suprindo de várias maneiras para que nada de verdadeiramente necessário lhes falte.

Lembrem-se de que vivemos debaixo da graça de Deus, que é bondosa e generosa para conosco – e não dentro de um sistema de regras e leis.

Que Deus lhes dê clareza e sabedoria, minha amiga!

E, sempre que quiser conversar, estamos aqui!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados