Mentira, tô fora!

Mentir não é bom (nem mesmo contar aquelas mentirinhas aparentemente inofensivas).

A Bíblia deixa claro que a mentira foi uma invenção do inimigo de Deus e do ser humano, o diabo. No Evangelho de João 8.44 está escrito que o diabo é o pai da mentira, portanto ele é o criador dela.

Mentir é desobedecer a Deus, ou seja, é pecado. Quando mentimos deixamos de fazer o que agrada ao Senhor, preferindo ir em direção contrária aos seus bons e perfeitos mandamentos.

A mentira compromete nossa credibilidade, integridade e testemunho de vida. A pessoa mentirosa perde a oportunidade de ser um bom exemplo aos outros e passa a ser vista com desconfiança.

Mentir prejudica o estabelecimento da verdade, da ética e da retidão, podendo gerar consequências ruins e, inclusive, afetar negativamente outras pessoas.

A mentira afeta também nossa consciência, pois, mesmo que outros não saibam que mentimos, lá no fundo sabemos que agimos de forma reprovável.

Por outro lado, a VERDADE é algo maravilhoso. Quando deixamos que ela permeie nossas conversas, atitudes e comportamento, agimos de acordo com a vontade de Deus, ganhamos a confiança daqueles que estão ao nosso redor, contribuímos para o estabelecimento do bem e sentimos paz.

Falar sempre a verdade é uma atitude elogiável, que deve ser cultivada e valorizada. Quando cultivamos essa postura, sentimos grande alegria e desfrutamos da gostosa sensação de estar com a consciência limpa.

Por isso, comprometa-se hoje mesmo com o propósito de adicionar esse maravilhoso ingrediente ao seu dia a dia, a verdade. Não seja o tipo de pessoa que inventa histórias mirabolantes ou que dá um jeitinho para fugir das responsabilidades. Seja na escola, em casa, na igreja ou entre os amigos, seja alguém em quem se pode confiar!

Ao falar a verdade, Deus se alegrará com sua atitude e você colherá ótimos frutos em sua vida.

Mentira? Tô fora!

#FicaaDica!•

Você também vai gostar de ler:

Para quem quer aprender a orar

Compartilhe!:

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *