Oi su, então eu tenho uma dúvida: Eu tenho doze anos(quase 13), e tenho um melhor amigo, no halloween do ano passado ele me pediu em namoro, porém um namoro só de consideração… Algo mais leve nada comparado com um namoro sério, eu aceitei e depois disso conversei com a minha mãe, ela levou numa boa até porque eu sou muito amiga da minha mãe e sempre conto tudo a ela,minha mãe me disse que eu teria que levar como um namoro de consideração, como dois adolescentes que se gostam e que nada passará de abraços e beijos na bochecha, óbvio que eu levei a sério o q ela me disse pois entendo que sou muito nova. Depois disso orei e conversei com Deus pedindo para me dar sabedoria e que nunca me esquecesse dele, que seguisse os exemplos de Jesus, etc… Estávamos “juntos” até fevereiro quando ele me disse que teria que morar nos EUA, eu fiquei meio triste porque eu gostava e ainda gosto muito, mas o apoiei porque o pai dele teria que ir a trabalho e uma família nunca se abandona… Bom ainda sinto muito falta dele e sempre sonho e penso nele, eu realmente gosto dele e queria muito que alguém me entendesse. Bom gostaria de saber se você acha que estou tomando as decisões certas para a minha vida e se concorda com elas? G.

Hello, G.! Sinto muito de saber que seu amigo está longe. Eu sei que é difícil.

Entendo o que você falou sobre “namoro de consideração” e achei muito legal você respeitar os limites que sua mãe definiu. Ainda assim, porém, acho meio cedo para você pensar em qualquer tipo de namoro. Eu chamaria esse relacionamento de “uma boa amizade”. Afinal, namoro de verdade é algo suuuper sério, que envolve um nível enorme de compromisso.

Meu conselho, portanto, é que, mesmo à distância, se possível você continue a cultivar esse relacionamento como amizade, pedindo que Deus a ajude a não dar muita ênfase para o aspecto romântico. É muito natural você ainda gostar do seu amigo, sonhar com ele, pensar nele. Não tem nada de errado com isso. Mas, também é importante você entender que esse é um tempo de espera e de entregar todos os seus sentimentos para Deus. Também é um tempo de deixar Deus preparar seu coração para as coisas que ela já tem reservadas para seu futuro. Deus já escreveu todos os seus dias e, se esse menino faz parte dessa história, mesmo que seja lá adiante, Deus vai providenciar para que as coisas aconteçam no tempo e do jeito dele, que são sempre melhores.

Resumindo: continue a ir com calma, conversando muito com Deus e também conversando com sua mãe (de preferência antes de aceitar um pedido de namoro, kkk). Confie nos planos de Deus para você, pois eles são melhores do que qualquer coisa que você pode  imaginar. Confie, também, que Deus vai lhe mostrar (mesmo que seja aos poucos) como lidar com esses sentimentos que estão em seu coração. Afinal, ele nos criou para termos esses sentimentos e ele quer nos mostrar o que fazer com eles.

E, sempre que quiser trocar uma ideia, passe aqui. Estamos à disposição!

 

Kisses,

Su

 

Compartilhe!:

Posts Relacionados