Oi Su tudo bem? Namoro há 1 ano e meu namorado sempre insiste em ir um pouco além do beijo. Quando eu durmo na casa dele (na maioria das vezes) ele acaba me masturbando e eu me sinto muito mal com isso, eu venho tentando parar com isso mas na hora eu na maioria das vezes não consigo dizer não. Até que eu tava cansada já de me sentir culpada depois (pq eu sei que isso entristece a Deus e o pecado nos afasta dele e eu não quero isso) então quando eu tava no culto eu fiz uma aliança com Deus em que eu prometia que aquilo não iria acontecer nunca mais. E por um tempo eu consegui levar essa promessa mas ontem aconteceu de novo e agora eu to com medo das consequências porque quebrei essa aliança, e eu também to me sentindo muito mal pq não consigo conter minha carne mesmo sabendo que depois eu fico mal. Ele não acha que masturbação seja pecado então ele não se sente mal como eu me sinto e nem posso conversar com isso sobre ele porque já falei disso muitas vezes com ele mas eu sempre acabo cedendo, então minha palavra acaba não valendo de nada. Não sei mais o que fazer. Será que devo terminar? Ele me trata tão bem, não sei se isso seria um motivo pra terminar, e nem sei se tenho coragem pra isso, me ajuda, eu realmente acho que nossa relacionamento seja da vontade de Deus, mas isso me deixa um pouco em dúvida. ps: desculpa pelo textão. J.

Querida J., para começar, você tem razão de considerar que esse nível de intimidade física não é apropriado para um namoro. É importante você entender que não adianta “fazer uma aliança” com Deus e tentar manter esse propósito com suas próprias forças. Deus quer que você busque forças nele. Além disso, também não adianta prometer para Deus que as coisas vão ser diferentes e depois dormir na casa do seu namorado, se você já sabe que é nesse contexto que as coisas acontecem! Você precisa fazer sua parte e parar de dormir na casa dele.

Mais uma coisa importante: os limites corretos no relacionamento precisam ser combinados entre as duas partes. Não é obrigação sua sozinha ser “freio” do seu namorado. Quando você disse para ele que essa questão incomodava sua consciência, ele deveria ter respeitado isso e não tentado mais avançar o sinal. Não importa qual seja a opinião dele sobre esse assunto (aliás, a opinião dele está errada, pois masturbação é uma forma de relação sexual), e não importa que você tenha cedido no passado, se ele realmente ama e respeita você, precisa respeitar o que você pediu para ele desde o começo.

Meu conselho é que você volte a falar com ele sobre esse assunto e explique para ele o quanto isso está lhe fazendo mal. Abaixo, eu recomendo alguns textos para vocês dois lerem sobre relacionamento e intimidade, que poderão ajudar seu namorado a entender que ele está passando dos limites e pressionando você a fazer o mesmo:

http://depapocomasu.blog.br/sexo/2018/03/sexo-antes-do-casamento/

http://depapocomasu.blog.br/sexo/2018/05/voce-nao-e-freio-de-ninguem/

http://depapocomasu.blog.br/sexo/2018/08/por-que-deus-inventou-o-sexo/

Se seu namorado se mostrar disposto a mudar de atitude e a tomar medidas práticas, junto com você, para mudar o foco do seu namoro e colocar um ponto final nesse nível de intimidade, ótimo! Se esse relacionamento é algo que faz parte da história que Deus escreveu para vocês, é fundamental vocês estarem em sintonia quanto a essa questão, e Deus pode providenciar para que isso aconteça.  Aliás, quanto tempo vocês dedicam a ler a Bíblia juntos, orar juntos, buscar a Deus como casal? Isso faz uma diferença enorme!

Agora, se seu namorado insistir que não vê nada de errado e continuar a pressioná-la, de fato é horar de repensar esse relacionamento. Essa é uma área importante, e se vocês não conseguem chegar a um acordo, é motivo para terminar, sim, não importa quão maravilhoso ele seja. Se ele não está respeitando sua consciência nesse aspecto agora, pode acontecer de ele não respeitá-la em outras coisas adiante. Pense nisso.

Fale com Deus, peça muita sabedoria e clareza dele, converse com seu namorado e veja como ele reage. Só não deixe as coisas continuarem do jeito que estão, ok?

E, sempre que quiser conversar, estamos aqui!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados