Oi su,eu vim aqui pra descrever meu problema,em 2016 eu, minha irmã e meus pais fomos viver nos EUA, nos acostumamos e já socializamos, depois de um tempo, em abril (desse ano) minha mãe estava se sentindo triste e decidiu ir em um psicólogo, que disse que ela tinha depressão, eu não tive uma reação quando soube e comecei a chorar escondida pra minha mãe não se sentir pior… Agora ela vai toda semana na terapia, as vezes se sente melhor e as vezes chora muito, essa semana eu estava tentando pegar no sono quando escutei meus pais brigando e sempre é pela mesma coisa: dinheiro, eu amo meu pai e ele tem sido muito companheiro com a minha mãe ainda mais nesse momento que ela precisa, mas as vezes ele é ignorante e coloca a culpa na minha mãe pelos gastos de dinheiro… Minha mãe se sente triste e inútil, e eu e minha irmã temos medo deles se separarem e termos que escolher um ou outro. OBS:eles ainda se amam como outros casais, é óbvio que brigas e discussões vão acontecer mas queria que eles não brigassem mais… Obrigado por ler,eu precisava desabafar com alguém. F.

Hello, F.! Sinto muito que você e sua família estejam passando por uma fase difícil. A depressão é uma doença complicada, que demora para ser tratada e, às vezes, requer o uso de medicamentos apropriados. É bom que sua mãe esteja indo ao psicólogo e, se necessário, ela também deve procurar atendimento de um psiquiatra. Tenha paciência e calma, pois esse tratamento dela ainda está no começo. E, quanto ao casamento de seus pais, a melhor coisa que você e sua irmã podem fazer é orar. Peçam a Deus que ele ajude seus pais a conversar e resolver esse ponto do relacionamento deles que causa tanto conflito. Peçam, também, para que Deus fortaleça esse casamento e dê verdadeiro afeto, maturidade e companheirismo para que eles tomem a firme decisão de permanecer juntos. E, outra coisa importante: não interfiram! Filhos não devem, em momento algum, tentar ajudar os pais ou intervir para evitar uma separação. Quanto mais você e sua irmã ficarem fora dessas brigas, melhor para todos. Eu sou filha de pais separados (divorciados duas vezes) e, portanto, eu entendo como é assustador ver as coisas caminharem para isso. Mas, eu também posso lhe dizer por experiência própria que Deus tem um cuidado todo especial por nós nesses momentos. Ele nos acolhe como Pai, Mãe e Amigo, nos fortalece e nos consola. Confie no cuidado de Deus sobre você, sua irmã e seus pais e, se por acaso eles vierem a se separar, confie que Deus vai continuar ajudando você a cada dia.

E, sempre que quiser desabafar ou trocar uma ideia, estamos aqui!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados