Oie Su! Preciso de ajuda para um problema que vem à minha cabeça toda hora: peso! Até ano passado eu nunca fui tão preocupada com minha aparência e peso, até conhecer minha melhor amiga. Ela se chama M. F. e tem 13 anos. Quando vc olha pra ela, vc percebe o quão magra ela é. Ela não come nada além de miojo, e por causa disso, é desnutrida. Com o tempo, nós fomos se conhecendo mais, e também com o tempo, eu fui observando mais o meu corpo; tenho estrias, minhas coxas são bem largas e pesava 45kg tendo apenas 11 anos! A primeira vez que comentei isso com meus pais foi no fim do ano passado. Falei da M. F. e do meu corpo. Eles disseram que era ela que estava errada e que meu corpo é perfeito. Enfim, o tempo passou e nesse ano voltei a pensar no assunto. Eu sei que comer só miojo que nem minha amiga não faz bem pra saúde, mas acredito que meu corpo podia se ajustar para ficar ao padrão dela ou das outras meninas da minha idade. Estou pensando em fazer uma dieta, mas o primeiro passo para começar uma é consultar um nutricionista, meu grande obstáculo. Meus pais nunca deixariam eu fazer uma dieta… Esse assunto não sai da minha cabeça! Me ajuda Su? M.

Hello, M.! Entendo sua preocupação e também compreendo o quanto esse assunto “gruda” nos nossos pensamentos e causa um bocado de ansiedade.

Para começar, é suuuuper importante você entender que sua amiga M. F. tem é uma doença muito séria chamada Transtorno Alimentar. Veja os detalhes aqui: http://www.faithgirlz.com.br/index.php/ninguem-nasceu-para-ser-palito/

Como essa é uma doença que afeta os pensamentos, a gente precisa tomar cuidado, pois, de certa forma, ela pode ser “contagiosa” – ou seja, se a gente convive com a pessoa, precisa ficar atento para não começar a se comparar com ela e começar a pensar da mesma forma.

Meu conselho é que você mostre esse post acima para seus pais e diga que você acha que está começando a ter problemas com essa questão (aproveite e mande o post para a M. F. também). Peça para eles marcarem para você consulta com um nutricionista ou psicólogo especializado em transtornos alimentares (ou mesmo com um médico clínico geral) antes que essa questão se torne mais séria. Existem várias clínicas que fazem esse atendimento na sua cidade, tanto gratuitas como particulares.

Estou lhe dizendo tudo isso porque eu mesma tive um problema desse tipo e quase morri. Se tivesse tratado no começo (como seu caso) teria sido beeeem mais fácil e poupado um monte de sofrimento.  Portanto, minha amiga, não brinque! Procure ajuda logo!

Além disso, tenho dois posts para você ler que falam sobre beleza e comparações. Quanto mais você entender que não precisa perder peso para ficar bonita e que não deve se comparar com a M. F., menos complicado será de lidar com esses pensamentos que não saem da sua cabeça.

Beleza: http://depapocomasu.blog.br/corpo/2018/04/onde-mora-sua-beleza/

Comparação: http://depapocomasu.blog.br/mix/2018/02/diga-nao-a-comparacao/

Leia com atenção, pense com calma, peça ajuda e volte aqui para conversarmos quando quiser, ok?
Cuide-se!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados