Oii Su! Eu sou acostumada a ir numa igreja bem tranquila, mas esses dias eu fui na igreja da minha amiga e fiquei assustada, o pastor orava e as pessoas desmaiavam, giravam… Confesso que fiquei com medo. O que é isso Su? E.

Hello, E.! Imagino que você tenha ficado meio assustada mesmo. Na realidade, amiga, esse tipo de culto é diferente da instrução que a Bíblia nos dá para a adoração a Deus. Em 1Coríntios 14.32 em diante, diz que “Deus não é Deus de desordem” e que, no culto, “tudo deve ser feito com decência e ordem”. Além disso, em Romanos 12.1 fala de “culto racional”, ou seja, culto feito de uma forma que não envolva apenas as emoções, mas também a razão, os pensamentos, a inteligência.

Em algumas formas de culto, o que acontece é uma excitação muito grande das emoções, que leva as pessoas a “êxtases” e a manifestações esquisitas como essa que você presenciou. Um começa e outros vão na onda…  É quase como um “show”. As pessoas envolvidas podem até ser sinceras, mas a ênfase é sobre o que elas estão fazendo, e não sobre a Palavra.
Nesses casos, portanto, em geral não se trata de ação do Espírito Santo, mas apenas de pessoas que se deixam levar pela sensação do momento, mais ou menos como em torcidas num jogo de futebol, em que todo mundo começa a gritar, pular, etc.

Não existe nada de errado em expressar emoções durante o culto. Pode acontecer de alguém chorar, de levantar a mão em louvor e coisas do gênero. Mas (e esse “mas” é importante) esse não deve ser o objetivo do culto. Precisamos ter clareza mental para pensar em Deus e adorá-lo de uma forma coerente. O Espírito Santo não traz caos, confusão, gritaria e coisas esquisitas.

Meu conselho, portanto, é que você evite esse tipo de culto. Se sua amiga a convidar novamente, você pode dizer com todo respeito e tranquilidade que não é seu estilo de adoração, e que você prefere não participar. E você pode convidá-la para um culto mais tranquilo em sua igreja também 🙂
Precisamos pedir sabedoria e discernimento a Deus, para não julgar o coração de outros pela aparência, mas também para não nos envolvermos com coisas que dificultam nosso relacionamento com o Senhor.
Até a próxima!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados