Olá querida! Tenho 42 anos,sou serva de Deus a 10 anos, e estou sokteira a 5 anos, como vc vê não sou nem uma adolescente, mas vivo esse confrito,é horrivél, me sinto cupada, ridicula, por ainda ñ consegue me libertar disso. Pelo menos um a duas vezes por mes eu me masturbo, sinto desejo, fico por alguns dias resistindo, ja fiz jejum, propositos, oro a Deus para enviar um varão valoroso,mas vita e mexe, me pego fazendo esse ato nojento! Ñ assisto pornpgrafia, muitas raramente penso em alguem, a vontade vem.quase que automatica, me sinto imunda toda vez que faço isso, por está desagtadando a Deus, e por ainda fazer isso apesar sa minha idade! Estava biscando uma palavra para me ajudar a me libertar disso, e derrepente, encontrei ease site, sei que para adolescentes e jovens, mas me indentifiquei com o.que vc escreveu. Eu faço a obra, leio a biblia, tento fazer outras coisas mas o desejo é forte, quero ajuda em oração vi que vc é uma mulher de Deus, e sei que nao é normal uma pessoas da minha idade ainda fazer isso, eu me sinto como se fosse a única pessoa a fazer isso, por favor me ajude!!! D.

Querida D., vamos começar pela sua ideia de que pessoas da sua idade não sentem desejo de se masturbar. Isso não é verdade, minha amiga. Com certeza, você não está sozinha nessa questão e ela não diz respeito apenas a adolescentes. O desejo de se masturbar é só uma consequência natural do desejo sexual. Como mulher adulta, saudável, criada por Deus como ser sexual, é normal você ter libido. Que bom! Não se envergonhe disso, e saiba que não existe razão para se sentir imunda.  Não sei quais textos sobre masturbação você leu aqui no blog (no final passo dois links para você), mas uma coisa que a gente sempre ressalta aqui é que masturbação não é melhor nem pior que qualquer outra luta que nós temos com nossos desejos, sejam eles físicos, emocionais ou materiais.

O xis da questão é entender o que fazemos com esses desejos. Se Deus os colocou dentro de nós, significa que eles não são, de si mesmos, pecaminosos. Portanto, quando eles surgem, a primeira coisa a fazer é apresentá-los para Deus – sem entrar em pânico e sem tentar simplesmente reprimi-los. Apenas reconheça a presença deles e conte para Deus o que você está sentindo. E, quando esses desejos não podem ser satisfeitos de imediato da forma como Deus planejou (ou seja, com um companheiro, dentro de um compromisso para a vida toda), precisamos buscar o socorro imediato de Deus. É uma luta perdida você tentar resistir à tentação com suas próprias forças. Sua parte é tomar a decisão de fazer aquilo que sua consciência está mostrando – e não de lutar sozinha.

Além disso, existem algumas coisas práticas que você pode fazer para se remover da situação antes que ela se torne irresistível. Veja no primeiro link abaixo como identificar os momentos em que você está mais suscetível a se masturbar e peça para Deus lhe dar criatividade para contornar essas situações. Ele tem verdadeiro prazer em nos mostrar saídas (1Coríntios 10.13). Às vezes, tentar orar e ler a Bíblia nessas horas não é tão eficaz quanto, por exemplo, sair de casa e dar uma volta na quadra enquanto você fala com Deus em um ambiente público. Confie que Deus vai providenciar a saída, como diz a passagem indicada acima.

Peça para Deus ajudá-la a identificar quais pensamentos ou circunstâncias são “gatilhos” e peça ajuda do Espírito para não alimentar esses pensamentos.

Leia os textos abaixo, pense no que conversamos aqui e, se quiser, volte para conversarmos mais. Estamos à disposição!

Que o Senhor lhe dê firme convicção de que, em Cristo, você é perfeitamente aceitável ao Senhor – sempre! Nada pode separá-la do amor de Deus 🙂

 

http://www.faithgirlz.com.br/index.php/seis-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-masturbacao/

http://depapocomasu.blog.br/sexo/2018/02/como-me-livrar-do-vicio-da-masturbacao/

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados