Olá, Su. Eu estive lendo outras vezes as respostas que me enviou. Em relação às primeira pergunta do ano, sendo Deus Pai, Filho e Espírito Santo uma única entidade, é como se em João 1 tivéssemos o cérebro (Deus Pai) e os braços que pegam as coisas, escrevem, desenham, limpam, etc…( Deus Filho), assim é a mesma entidade, ou seja o mesmo corpo. Mais uma coisa: a palavra grega “dia” ao dizer “por meio de” quer dizer o mesmo que “com” (sinônimo) ? E o “por” poderia ser usado como, ou naquele versículo não tem como? Na segunda pergunta você me respondeu sobre quem realiza a santificação, e aprendi que os três estão envolvidos. Quais atividades eles realizam exclusivamente? Ou todas são interdependentes? Caso sejam, como eles tem vontades e ações próprias? Ou essas são questões que dependem do momento, podendo ser atuação da Trindade ou de só uma/duas partes dela? Desde já, muito, muito obrigada pela atenção. D.

Hello, D.! Quando à preposição dia, eu não tenho conhecimento suficiente de grego para lhe responder com certeza de quantas maneiras ela pode ser usada em determinado contexto. Minha recomendação é que você converse com alguém que fez seminário e estudou grego (seu pastor ou algum presbítero de sua igreja, por exemplo) para esclarecer essa parte de sua dúvida. Quanto ao restante, precisamos tomar cuidado para não criar divisões ou formar imagens em nossa mente que a Bíblia não apresenta de modo claro. Em última análise, os detalhes da Trindade são um mistério que Deus não revelou plenamente a nós. Para uma representação visual da Trindade, recomendo que você dê uma busca em um símbolo chamado “Triquetra” e medite sobre ele. É bem interessante!

Também é fundamental entendermos que nenhuma das Pessoas da Trindade atua de forma independente, pois, na realidade, não são pessoas separadas, com vontades e ideias próprias. A gente usa o termo Pessoa apenas como forma de explicar três “facetas” do ser divino. “Faceta” também não expressa exatamente a ideia, rsrs. Aliás, sempre foi um grande desafio para teólogos de todos os tempos transmitir com exatidão o conceito de três em um só. Embora uma dessas Pessoas se destaque mais em alguns momentos, ela sempre reflete a vontade e os propósitos do ser divino como um todo. São sempre os três agindo como um só.  Não existe, portanto, nenhuma atividade que uma das Pessoas realize exclusivamente. Até mesmo quando Jesus sofreu “sozinho” na cruz, ele atuou com poder e forças do restante da Trindade, em obediência ao Pai. Em um momento muito pontual e singular, que jamais se repetirá, ficou isolado por causa dos nossos pecados que estavam sobre ele. Mas, em seguida, foi ressuscitado pelo poder divino. Para alguns exemplos de como nenhuma Pessoa da Trindade age de forma independente, veja João 5.30; 7.28; 12.49; 14.10,16,26; 15.26. Não se aflija se você não conseguir visualizar perfeitamente os detalhes do funcionamento da Trindade. Para mim, traz grande ânimo e consolo saber que nosso Deus não é plenamente compreensível. Afinal, se eu pudesse entender Deus totalmente, ele seria do meu tamanho. E, com certeza, precisamos de um Deus muito maior e mais poderoso que nós, a ponto de não caber em nossa compreensão!

Isso não significa, porém, que não devemos perguntar, sondar, pesquisar. Nossos esforços para entender Deus melhor (ainda que nunca plenamente) agradam o coração dele e nos levam a um nível de intimidade cada vez mais profunda com ele. Portanto, continue a meditar e a perguntar! E saiba que Deus vai ajudá-la a entender tudo o que for importante.

Bom fim de semana!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados