Olá Su. Quero tirar algumas dúvidas. Sei que nem todas as coisas serão reveladas a nós, só as necessárias, mas que também, na volta de Jesus, teremos a eternidade, para conhecer a Deus e tudo o que ele criou. Estava lendo agora a pouco sobre a árvore do conhecimento do bem e do mal. E achei até uns textos interessantes. Li alguns textos, vou citar dois, de dois sites que li. Um fala que a árvore do conhecimento do bem do mal, seria para testar a obediência de Adão e Eva, pois Deus deu liberdade para eles fazem o que quiserem e comerem de todos os frutos, menos o fruto da Árvore do conhecimento do bem e do mal, mas ele deu a escolha deles pecaram ou não, porquê senão, seriam como robôs, e Deus não quer usar as pessoas como marionetes. E a serpente enganou a Eva dizendo meias verdades, falando que, ela teria total conhecimento, e ser igual ou mais sábio que o Próprio DEUS (SQN) E eles realmente adquiriram sabedoria, mas experimentam o outro lado da moeda: O sofrimento, maldade, afastamento de Deus. E em outro texto que li, diz que o fato da proibição de comer desse fruto, não significava que eles não tinham sabedoria de alguma forma, pois para obedecer a Deus, precisa de sabedoria, consciência do que é certo errado, e que eles iriam adquirir mais sabedoria conforme o tempo, mas como um processo e com Deus 100% perto deles. Alguns alegam que não haveria sexo, senão houvessem pecado. Mas isso antibíblico, pois o proprio Deus, deu ordem para se reproduzirem e encher a terra, antes da queda. Como eles teriam descendentes, sem terem relações. Com a cegonha ? Rsrsrs. Brincadeiras à parte, creio que o sexo existiriam, mas bem diferente de como é hoje, seria de forma inocente, pura e eles descobriram aos poucos. Ah e mais uma coisa: as vezes minha mãe fala que o certo éramos certo irmos para a igreja da minha vó (CBB), por ela fala que lá eles são descentes nas vestes (fala que o cristão tem quer diferente do mundo) E falou hoje que acontece mais escândalos do que nas outras igreja, do que na minha vó. E que hoje qualquer pode ser pastor. Minha mãe não é da CBB, mas de vez em quando fala isso. Só que eu falo para ela que eu vou para uma igreja, por pressão dos outros, e falei que vou para a igreja que Deus tocar no meu coração. Embora não concorde com algumas coisas da minha igreja, não me sinto bem na igreja da minha vó, que eu já visitei umas três vezes. E também por a CBB fala que não se pode ter pastores, não fazem pregações em públicos. Dizem que quem peça depois de batizado, como adultério, não tem mais perdão. Desde já obrigada. L.

Hello, L.!

Quanto à questão da árvore da vida, não entendi exatamente o que você quer saber. Você pode escrever novamente formulando uma pergunta a esse respeito, por favor?

Quanto a sexualidade e pecado, é claro que Deus criou o sexo desde o início. Como você disse bem, a ordem para ser férteis seria meio esquisita sem sexo, kkk. Além disso, todo o relato da criação deixa clara a ideia de prazer naquilo que Deus fez. Deus criou tudo o que há no mundo para que desfrutemos essas coisas boas – e isso inclui o sexo. Aliás, não acho que o sexo antes do pecado fosse diferente do que é hoje. O sexo dentro do casamento, em um contexto de compromisso e amor ainda é puro e inocente, para ser descoberto aos poucos. Hebreus 13.4 diz: “O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro”. Esse versículo está dizendo que não deve haver adultério e, da forma como o autor se expressa, fica evidente que o leito conjugal (isto é, a vida sexual de um casal) é puro e deve ser mantido puro. Portanto, o sexo, como Deus o criou e como ainda podemos vivenciá-lo hoje, não é sujo ou feio, mas sim, belo, puro, saudável e agradável a Deus (e ao casal, é claro, rsrs). O que aconteceu foi uma distorção imensa na forma como o mundo passou a encarar a sexualidade. Mas só porque o mundo perverteu a boa criação de Deus, não significa que ela deixou de ser boa.

E, quanto à igreja, creio que conversamos sobre algo relacionado antes. Não existe somente uma denominação “certa” ou “bíblica”. Existem várias denominações que seguem os ensinamentos bíblicos e que têm como principal objetivo adorar e agradar a Deus, mesmo que elas não concordem entre si a respeito de algumas questões secundárias. Precisamos tomar muito cuidado, porém, com denominações que têm muitas regras humanas e que as colocam no mesmo nível das instruções bíblicas. Também precisamos ficar atentas para “doutrinas” que contradizem ensinamentos bíblicos. Como conversamos aqui no blog um milhão de vezes, a salvação é para sempre. Para o verdadeiro cristão, não existe pecado sem perdão. Portanto, o fundamental é conhecermos bem a Bíblia e desenvolvermos nossa intimidade com Deus para que possamos ter sabedoria ao escolher a igreja da qual vamos participar e também para analisar todos os ensinamentos que ouvimos, sejam dentro ou fora de qualquer igreja.

É isso, amiga. Até a próxima e aguardo sua pergunta sobre árvore da vida!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados