Ooi Su, tudo bem? Quanto tempo! Bom, esse ano comecei a estudar em uma escola em período integral com curso e tudo mais, e o que acontece, eu estudo o dia todo e quando chego em casa sempre assisto séries, e tenho deixado de buscar a Deus e de ler a Sua palavra, sempre tenho deixado para ler a palavra de noite quando já estou cansada e acaba nunca sendo um momento produtivo com Deus! Isso vem acontecendo desde o começo do ano e eu tenho me sentido distante de Deus. Eu oro todos os dias, converso com Deus e tenho tentado ler mais a palavra mas me sinto longe e distante de Deus. Não me sinto mais amada, e sinto como se houvesse perdido o relacionamento que tinha antes com Deus. Antes eu estava firme com Deus, orava bem mais, lia mais a palavra, e sentia muito a presença de Deus queimar em meu coração, mas ultimamente eu não tenho estado perto Dele e não raramente tenho vontade de ler a palavra, de orar e me sinto culpada por isso, sinto que Deus não me ama mais, sabe? E a questão é que eu sei que Deus me ama, mas não sinto como se fosse amada,sabe? Além disso, ontem tomei Santa ceia na igreja, orei, estive na presença de Deus mas enquanto tomava a ceia vieram pensamentos horríveis em minha mente, inclusive sobre Deus; eu pedi perdão e me senti péssima, mas não quis pensar aquilo sabe? (Aquela velha questão dos pensamentos que já havíamos conversado) eu tenho medo de ter participado da ceia indignamente, pois sei que não podemos tomar a ceia de qualquer forma. Enfim, tenho me sentido fraca espiritualmente, e não amada. E mesmo quando vou orar eu me pergunto se Deus está me ouvindo, pois não me sinto próxima Dele como antes e isso é horrível, pensar como se eu houvesse perdido meu relacionamento com Deus é péssimo, e não sei como voltar. Desculpe por ter escrito tanto KKK, muito obrigada pela ajuda. Deus abençoe sua vida. beijos! S.

Hello, S.! Sempre bom ver você por aqui. E não precisa pedir desculpas por ter escrito bastante 🙂

Se eu contei direito, você usou a palavra “sinto” pelo menos oito vezes na sua pergunta. E esse é o “xis” da questão. Muitas vezes, existe uma diferença enorme entre nossos sentimentos e a realidade. Com certeza é o seu caso. Você sente que Deus deixou de amar você e que está distante, mas posso lhe garantir que nada disso é verdade. Falo por experiência própria, pois também passo por fases desse tipo no relacionamento com Deus. É um período difícil, mas também pode ser uma oportunidade de crescimento espiritual, desde que você não se aflija nem fique se culpando. Assim como a salvação não depende de nós, o processo de santificação também é obra exclusiva no Espírito Santo, e Deus é o maior interessado em nos ajudar nessas horas.

Meu conselho, portanto, é que você continue a orar ao longo do dia, agradecendo a Deus pelos presentes dele ao seu redor, apresentando suas dificuldades e intercedendo também por outros. Faça isso aos poucos, sempre que algo que lhe vier à mente – mesmo que você tenha a nítida impressão de que está falando com as paredes. Garanto que Deus está ouvindo e que, no tempo dele, vai honrar sua decisão de continuar se comunicando com ele não obstante seus sentimentos.

Quanto à leitura da Bíblia, que tal ler um ou dois versículos logo de manhã, antes de se levantar, e refletir sobre eles ao longo do dia. Às vezes, fico várias semanas pensando em trechos bem curtos da Bíblia. O importante nesses períodos de “deserto” (em que Deus parece ter se esquecido de nós) não é a quantidade de texto nem o período de tempo que gastamos com a Bíblia, mas sim, a manutenção do hábito de ler e pensar na Palavra de Deus. Ele também honra esse esforço e, com o tempo, restaura nosso “apetite” pela Bíblia.

Você não perdeu e nunca vai perder seu relacionamento com Deus, pois isso não depende de você. Depende dele – e ele nunca, jamais, de jeito nenhum, vai abandonar você. Para refrescar sua memória, leia de novo este texto: http://depapocomasu.blog.br/deus/2018/03/a-salvacao-e-para-sempre/

Ele vale tanto para a salvação como para o relacionamento diário com Deus.

Peça para Deus lhe dar paciência nesse período e convicção (algo muito mais forte que sentimento) de que você é eterna e absolutamente amada por ele. No tempo e do jeito dele, Deus responderá!

E, sempre que quiser conversar, passe aqui.

Até a próxima 🙂

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados