Paz de Cristo Sú, como tinha dito anteriormente,sobre um cara, que me adicionou no face, se diz evangélico tudo mais, conversamos um puco, me pareceu ser uma pessoa seria madura de 39 anos, desconfio que foi através de alguns grupos, para cristãs solteiros que faço parte, mas não lembro, falando nisso Sú! Tem algo de errado fazer parte desses grupos? Eu sou muito cautelosa com essas coisas, não aceito solicitações sem antes investigar o perfil,pq sei que existe muitos lobos em pele de cordeiro, mas essa pessoa, de que estou falando, um Mexicano, me surpreendeu dizendo, que Deus mostrou para ele, que eu sou a mujer escolhida para ele, e insiste bastante nisso , chega a ser um pouco chato, mas estou orando a Deus, pq até agora não sinto nem um sentimento por ele, e Deus não me falou nada ainda. Fiquei muito chateada com ele, porque ele compartilhou muitas fotos minha, sem autorização, expressei para ele, toda a minha indignação, pedir para apagar, e assim ele o fez, me pediu perdão, mas a poucos dias ele fez de novo, bloquei ele, mas tenho ele no whats, não conseguir ainda bloquear ele no whats, fico pensando que pode ser, um canal para eu evangeliza-lo quem sabe? Fica enviando foto de tudo que ele faz, onde está, nunca enviou coisas desrespeitosas graças a Deus, pq tb mi imponho, mas pelo que disse ele tem um ano de convertido, vem de 3 casamento, o terceiro foi oficial, tem 3 filhos, mas não moram com ele, como vê Sú, ele me conta a vida dele toda rs rs, não pergunto mas ele faz questão, de dar um relatório. Será possível isso ser real? Peço uma opinião sua. Obrigada Sú beijos. D.

Paz de Cristo, D.! Não creio que seja necessariamente errado participar de grupos para solteiros cristãos, mas se você escolhe se valer desse recurso, precisa estar preparada para lidar com algumas “saias justas” e outros incômodos. Isso não significa, porém, que Deus não possa usar um grupo desses como ponto de partida para uma amizade presencial.

Quanto a seu amigo mexicano, meu conselho é simples: muuuuuuitíssima cautela! As coisas que você compartilhou a respeito dele geram preocupação. Minha convicção pessoal é de que Deus não sai por aí dizendo que uma pessoa que a gente conhece online é “a mulher escolhida”. Deus nos mostra o caminho um passo de cada vez, à medida que construímos intimidade e observamos de perto o caráter um do outro. Afirmações desse tipo por parte de alguém que já passou por três relacionamentos devem gerar bastante desconfiança. Aliás, é muito difícil um homem que assumiu três compromissos (que deveriam ser para a vida toda) ser emocionalmente estável. Mesmo que ele diga que o fim dos casamentos nunca foi por culpa dele, que foi antes de ele se converter, etc., ele tem uma bagagem emocional negativa muito grande. É bem diferente, por exemplo, de um homem que foi casado por 15, 20 anos e ficou viúvo. Desconfie, também, quando a pessoa oferece detalhes demais sem você perguntar. Às vezes (não sempre, é claro), isso é sinal de que ela não está dizendo a verdade, e quer logo se explicar antes que você chegue a alguma conclusão própria. Por fim, se ele já é cristão, você não precisa evangelizá-lo, não é mesmo? E se você não enxerga nele maturidade cristã, convém avaliar se é boa ideia continuar interagindo com ele.

Algumas dessas observações que fiz acima são baseadas em experiências negativas de pessoas de meu convívio que se envolveram com outros online. Não quero assustar você, mas apenas compartilhar o que ouvi delas – e, de modo geral, o balanço infelizmente foi negativo.
Peço que Deus a ajude a ficar bem atenta e lhe mostre claramente o que ele pensa. Continue a confiar na provisão dele! 🙂

Até a próxima!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados