Shalom Sú, tudo bem? Obrigada por sua recepção calorosa, vc tem toda razão Sú, tenho vergonha sim, quando era bem mais nova tinha orgulho de ser virgem, mas depois o tempo foi passando, e foi me constragendo,ainda não tenho estrutura piscológica para dar esse testemunho,mas sei que dia terei dar testemunho sobre isso. Quanto aos medicos queria que fosse mesmo coisa da minha cabeça, mas não é Sú eles mudam a formar de olhar para mim, quando falo! Ao um tempo atraz aconteceu um fato inusitado, quando fui fazer uma utra som pelvica que a medica passou para mim, na recepção cheia de gente, a atendente voltando da sala da médica me fala: a médica pediu para perguntar, se voce está gravida ou é virgem ainda? Pense o quanto eu fiquei com vergonha não sabia para onde olhar, e não tive realção par responder, ainda bem que o meu namorado na epoca foi comigo, me deu força nessa hora, isso ja tem um bom tempo. A proposito li oque me indicou, muito bom gostei bastante do material. Espero no Senhor e mantenho a esperança de que vai chegar a pessoa certa, Sú! Será que sou a única mulher que ainda é virgem na minha idade? Por favor se voc souber de mais alguem me fala kkkl, preciso disso! Deus abençôe sempre vc beijos querida! A.

Shalom, A.! Vamos orar para que Deus ajude você a superar essa vergonha e a transforme em gratidão e adoração a ele por ter trazido você até este ponto de sua vida.

Não foi minha intenção dizer que os constrangimentos são apenas coisa da sua cabeça. Peço perdão se essa foi a impressão que passei. Eu sei que eles são reais. Apenas quis apontar que a sua vergonha pode tornar essas situações ainda mais constrangedoras. E, como lhe disse, episódios como esse que você relatou agora são motivo para reclamação oficial no convênio, na clínica ou no hospital público em que aconteceu. Quanto mais esse tipo de comportamento ignorante for denunciado, menos pessoas terão de sofrer como você sofreu. E, se algo semelhante voltar a acontecer, você pode responder, simplesmente: “Eu converso com a médica quando entrar na sala”.

E sim, conheço mulheres mais velhas que você que são virgens. Além de duas amigas (aliás, uma delas se casou depois dos 45), conheço mulheres que, por uma decisão tomada na juventude, ou pela forma como a vida se encaminhou, são virgens na idade em que algumas mulheres são avós. Elas entendem que o lugar do sexo é no casamento e, portanto, que não faz sentido perder a virgindade sem se casar – só para ceder a uma pressão (extremamente errada e distorcida) da sociedade.

Que o Senhor a fortaleça e a ajude a se ver como ele a vê – como filha amada, preciosa e completa.

Até a próxima!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados