Su… estou passando por momentos dificeis… e contudo bom.. tenho um cisto no cerebro… problemas nos ossos… figado… anorexia nervosa…. depressao anciedade suspeitas de febre reumatica… problemas nos rins etc… eu estou cm dir de cabeça… ms nn sei se é o suficiente para estsr internada… amo hospitais ainda mais se for pra mim ficar dias lá. … sabe o que fazer para ficar internada? R.

Querida R., Se você realmente tem todos esses problemas de saúde, você precisa buscar tratamento médico adequado – e logo! Converse com sua família sobre isso e, se estiver se sentindo mal, procure um pronto-socorro ou outro atendimento de emergência, mesmo que seus pais não possam ir com você. Vá sozinha (ou peça companhia de uma amiga, vizinha, tia, etc.), conte o que está acontecendo e peça para ser examinada. Se você fez exames médicos que mostram que você tem esses problemas, leve os exames com você.

Minha impressão,  porém, é que você está precisando receber mais atenção, especialmente de seus pais. Ficar internada vai ajudá-la com as questões de saúde, mas com certeza não é a solução para as questões emocionais. Para começar, se você ficasse internada você só receberia atenção por um tempinho (a menos que você fosse morar no hospital para o resto da vida, o que é meio difícil, né?). Além disso, o que você precisa e merece é atenção de verdade, e não só atenção quando fica doente. É bem possível que seus pais estejam tão ocupados com uma porção de outras coisas que não tenham nem percebido que não estão dando a atenção que você precisa.

Meu conselho, portanto, é que você converse com eles. Diga: “Olha, eu gosto muitos de você e sinto sua falta. Queria passar mais tempo com vocês, conversar mais, fazer coisas juntos. Eu estou numa fase que preciso de seu apoio, de sua orientação e de sua companhia. Vamos conversar sobre formas de ficar mais próximos?”. Se você achar difícil falar isso pessoalmente, escreva um bilhetinho (pode até usar essas palavras que eu coloquei aqui), mande uma mensagem de texto ou grave um áudio. A melhor coisa que você pode fazer é dizer para sua família que você está precisando dela. Se, mesmo depois disso eles não lhe derem atenção, aí é hora de falar com outra pessoa adulta de sua confiança. Pode ser uma professora, uma coordenadora da escola ou alguém da sua família (uma tia, por exemplo). Conte para essa pessoa que você está se sentindo sozinha e que gostaria de receber mais atenção. Peça para essa pessoa conversar com sua família.

Mais importante de tudo: converse com Deus. Conte para ele tudo o que está no seu coração. Ele ama você de paixão e quer ajudá-la nessa situação. Para saber mais sobre isso, leia aqui:

http://depapocomasu.blog.br/deus/2018/01/a-coisa-mais-importante-que-voce-precisa-saber/

E aproveite para ler também: http://www.faithgirlz.com.br/index.php/ninguem-nasceu-para-ser-palito/

Sempre que quiser conversar, é só passar aqui. Estamos sempre à disposição!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados