Su , eu queria te agradecer pela a sua dica ! Me ajudou muito . O que está me atingindo no momento é a minha ansiedade e as pessoas aí meu redor . Como sempre eu não estou conseguindo lidar com o meu namoro e com as minhas amizades, eu não estou sabendo dar atenção ao dois… Como que eu sei que o amor acabou ? O amor de namorado ! Como que eu posso tentar dar atenção aos dois , tanto para os meus amigos , quanto para o meu namorado? Seria certo se eu fizer uma coisa que me deixou triste, com outra pessoa? W.

Hello, W.! Fico feliz que Deus esteja usando nossa conversa de modo produtivo para você. Agora vamos uma pergunta por vez.

Primeiro, quanto a administrar amizades e namoro, é importante você entender que, embora o namoro seja um compromisso bem sério, ele não pode ocupar o centro de sua vida. Se você nota que seu namoro está tomando todo o seu tempo, de modo que não sobram momentos tranquilos com família e amigos, é hora de reorganizar as prioridades. Só porque você namora, não significa que precisa passar todos os momentos do fim de semana com o namorado. Calcule mais ou menos quantas horas de tempo livre você tem por semana, divida por três e reserve um terço para cada categoria importante: família, amigos e namorado. Nesse momento de sua vida, o namorado ainda não deve ser a prioridade número 1. Aliás, se você redirecionar mais tempo para família e amizades, isso tornará seu namoro mais leve e saudável, pois você não buscará no namorado a satisfação para todas as suas necessidades emocionais e de companhia. Eu sei que é difícil administrar tudo isso, mas peça ajuda de Deus. Ele está extremamente interessado em ajudá-la a dividir seu tempo de maneira que isso não lhe cause ansiedade.

Agora, se seu namorado fica pressionando para você dedicar todo o seu tempo para ele, se ele não gosta que você saia com amigos e passe tempo com a família, aí com certeza é hora de reavaliar esse relacionamento.

O que nos leva à outra pergunta. É muito importante você entender que amor não é um sentimento. Muitas vezes, o que está presente em um namoro não é amor, mas paixão. Para mais sobre isso, veja aqui:

http://depapocomasu.blog.br/mix/2018/06/amor-e-paixao-duas-coisas-diferentes/

Avalie, portanto, até que ponto você e seu namorado estão dispostos (mutuamente, de comum acordo) a abrir mão de certas coisas para o bem um do outro, a se esforçar para contribuir para o crescimento e o amadurecimento um do outro, a fazer planos e projetos juntos e trabalhar juntos para que eles aconteçam. Percebeu como a ideia de reciprocidade se repete no que eu acabei de falar. A gente sabe que o namoro não está indo bem e, por vezes, não tem futuro, quando as duas partes não estão dispostas a investir esforço e dedicação para que o relacionamento se desenvolva. Note que eu não falei em investir tempo. Claro que você precisa dedicar tempo ao namoro, mas não imagine que passar todas as suas horas livres com seu namorado é sinal de amor por ele (e vice-versa). Um namoro saudável busca o equilíbrio e a mutualidade em todas as coisas. Peça para Deus lhe dar bastante sabedoria e clareza a esse respeito.

E, por fim, não entendi bem sua última pergunta. O que você fez com outra pessoa? Por que isso a deixou triste? Não quero lhe dar uma reposta geral, sem saber pelo menos um pouco mais, pois existe o sério risco de eu falar besteira, rsrs. Se desejar, escreva novamente explicando melhor essa questão, ok?

Que Deus continue a ajudar você em todos os seus desafios!

Até a próxima!

 

Kisses,

Su

Compartilhe!:

Posts Relacionados