Teste: Você é uma irmã protetora?

Será que você é uma irmã do tipo “protetora” o daquelas que não está nem aí? Ficou curiosa? Vamos ao teste!

 

Quando sua irmã sai de casa sozinha, você:

  1. Quer saber aonde ela vai, com quem, a que horas chega e se está levando o celular.
  2. Quer saber informações do local, mas não faz muita questão de estar por dentro de tudo.
  3. Não quer saber de nada. Ela já é grandinha e tem de se virar sozinha.

 

Se alguém a irrita, você:

  1. Defende-a, toma as rédeas da situação e faz todos saberem que ela tem uma irmã para livrá-la de qualquer mal.
  2. Tenta se inteirar do assunto, mas não se intromete.
  3. Não quer nem saber. Já bastam os seus problemas.

 

Quando ela quer desabafar, você:

  1. Escuta com atenção e separa um tempo especial em sua agenda para conversarem. Logo, busca uma forma de ajudá-la.
  2. Combina um horário para um papo. Às vezes, você fica sem paciência, mas esforça-se para ouvi-la.
  3. Não perde seu tempo. Ela que se vire!

 

Se sabe que um garoto está paquerando-a:

  1. Busca informações sobre quem é ele. Procura aconselhar a sua irmã e fica atenta para que ela não se machuque de alguma forma.
  2. Fica inteirada da situação, mas procura não se envolver na história.
  3. Não dá a mínima. Ela tem de aprender a lidar com isso sozinha. E se o garoto for um crápula, problema dela!

 

Você gosta de:

  1. Conversar com sua irmã, quanto mais, melhor!
  2. Passar alguns momentos na companhia dela, mas, geralmente, prefere ficar sozinha.
  3. Ficar o mais longe possível da sua irmã.

 

Como gostaria que sua irmã enxergasse você:

  1. Uma heroína que a livra de todo perigo.
  2. Alguém que ela pode contar, mas sem extrapolar.
  3. Alguém que ela deve evitar e não encher a paciência.

 

Qual melhor sequência de palavras define vocês:

  1. Amigas – companheiras – amorosas
  2. Colegas – pacientes – ajudadoras
  3. Briguentas – competitivas– mau-humoradas

 

Vamos aos resultados… mas, primeiro, um toque importante!

 

O relacionamento entre irmãs nem sempre é fácil. Um dia, vocês podem estar felizes, sorridentes, as mil maravilhas; em outro, podem estar discutindo e gritando uma com a outra. Isso acontece em todas as famílias! Afinal, você convive com seus familiares mais tempo do que com as amigas da escola, por exemplo. A amizade, a paz e a compreensão devem ser características fundamentais no relacionamento entre vocês; superproteção não é bom, mas abandono também não, né? Confira o resultado do teste e veja em qual deles você se encaixa. Lembre-se sempre dessa palavrinha: equilíbrio! Faça o possível para ser uma irmã legal, e descubra como é bacana ter ao seu lado uma amiga e companheira para toda a vida!

 

Maioria A: Você faz o tipo protetora!

É muito legal ver o cuidado que tem com sua irmã. Saber para onde ela vai e checar se está com o celular é uma atitude que merece aplausos! Apenas tome cuidado para não cair no erro da superproteção. Isso é muito chato e pode até deixar a sua irmã triste. Dê espaço para a ela amadurecer e lidar com as circunstâncias com responsabilidade.

 

Maioria B: Nem lá… nem cá!

Lá no fundo, você se preocupa com sua irmã e quer que as coisas estejam bem. Embora perca a paciência às vezes, o relacionamento entre vocês, provavelmente, é estável e não há muitas brigas e tensões. Preste atenção para ser uma mão amiga quando ela precisar. Ok?!

 

Maioria C:Humm… algo precisa mudar!

Pode ser que alguma coisa esteja atrapalhando a sintonia entre vocês. Que tal dar um passo a favor da paz e da amizade e começar a estabelecer uma relação de companheirismo e amor? Vamos lá, faça um esforço para aprofundar esse laço tão importante e veja que sua irmã pode ser a melhor amiga que você sempre quis! •

 

Veja também:

Teste: Você é organizada?

Compartilhe!:

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *